sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Por que e como estudar atualidades



O tema de atualidades tem sido uma presença constante em vestibulares e em concursos públicos, independente do grau de instrução exigido pelo certame. Algumas vezes, nem mesmo o edital pede explicitamente conhecimento em atualidades, mas o tema está presente de maneira transversal em toda prova. E mais: geralmente os temas de redação são temas de atualidades, seja em uma prova como o ENEM – que no ano passado tratou da violência contra a mulher – seja em uma prova de concurso – como no caso da Operação Lava Jato da Polícia Federal que esteve presente em pelos menos 8 provas de concursos públicos desde setembro.
No final do ano passado, um grupo de alunos que estava interessado em alguns concursos específicos, me pediram para preparar algumas aulas de atualidades que lhes fossem úteis para responder as provas e até mesmo para elaborar as redações. Foi então que reparei que o estudo de atualidades pode ir muito além do que a simples leituras do noticiário jornalístico.
Montei as aulas de maneira transversal. Na verdade, a transversalidade é obrigatória no estudo de atualidades. Um simples tema que é tratado de maneira superficial pela imprensa pode se tornar um mundo paralelo de conhecimento.
Se tomarmos como exemplo a já citada Operação Lava Jato da Polícia Federal e seus desdobramentos, somente neste tema, estudaremos assuntos relacionados à direito constitucional, direito administrativo, direito penal, processual penal, administração pública, noções de economia, noções de contabilidade, ética no serviço público, ciência política, organização do poder judiciário, entre alguns outros, além de língua portuguesa e redação. Assim, outros itens do edital podem figurar como conhecimento aplicado no estudo de atualidades, o que torna o estudo daqueles temas muito mais estimulantes.
A experiência deu resultado. Hoje encontrei um grupo de alunos que foi me agradecer por terem se saído bem em algumas provas. Mas, me chamou a atenção um aluno em especial que me agradeceu não só pelo desempenho em provas, mas pelo estímulo dado para conhecer a realidade que o envolve. “Saí da Matrix”, me disse o rapaz, citando o filme que exibi na primeira aula. Para além do exagero do referido aluno, o estudo de atualidades vai muito além de um bom desempenho nas provas. Ele serve como conhecimento e insumo para produção de inteligência para que se tomem decisões mais corretas na vida.
Por isso, decidi montar este blog. Para debater temas da atualidade de maneira transversal com alunos, amigos e com quem mais quiser participar. Um espaço permanente para analisar os temas que ocorrem no nosso dia a dia e saber aplica-los nas provas que nos aguardam. Inclusive nas provas da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário